Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desejo

Voltou de muito tempo,
Ou caminhou conosco escondido
Lado a lado, disso não sabemos.
O que sabemos é que ele se revelou agora,
E não podia ser em pior hora.
No momento mais inapropriado surge sorridente,
Tão explicito, tão maldoso, quase obsceno.
Por certo não devemos permitir
Que ele cause ainda mais confusão.
Não vamos alimentar esse desejo...
Assunto resolvido.



Não resolvido!
O estranho é que esse desejo
Cresce como fome,
Depois se torna combustível.
Me move em direção perigosa,
Não sei quanto a você,
Mas me parece que a colisão é inevitável.
É incontestável que a entrega
Nos fará sofrer menos.
Pois a negação desse desejo
Só nos torna cada vez mais
Suscetíveis a ele.
E Quando meus lábios se aproximam
E quase colados nos seus dizem não
Você sabe exatamente o que quer dizer,
Mas aceita a negação!
Chega desse jogo de “pega-pega”,
Pois não estamos pegando nada!
Chega dessa história de ascender incêndio
E tentar apagar com gota d’água.
Eis a convocação, encontro marcado...
Quando as luzes se apagarem
O desejo estará aceso,
E finalmente sairemos desse impasse!

(CONTINUA...)
Alessandra Fersan
Enviado por Alessandra Fersan em 09/07/2019
Código do texto: T6691707
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Alessandra Fersan
São Paulo - São Paulo - Brasil, 27 anos
86 textos (3280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/08/19 15:33)
Alessandra Fersan