Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhos negros


Olhos negros e perturbadores
Geram uma inquietude em meu peito
Me deixando feito um besouro à luz

Esse teu olhar atordoa-me
Sinto que não tenho forças para fugir
Da quase certa e total submissão

Por que me olhas assim
Como se eu fosse tua
Quando nem mesmo eu sei de mim

Sinto-me escorregadia em tua direção
Mas não quero assim essa entrega
Feito uma necessidade crucial

Não, não quero isso tão fácil
Nem falastes uma só palavra
Apenas teus olhos dançaram

Cruéis embriagaram-me
Eu nada mais posso
Sei apenas que me queres

Não fujo, sigo adiante
E tu que só me olhas
Me toma por tua.

Olhosdepoeta
Enviado por Olhosdepoeta em 22/06/2008
Código do texto: T1046442
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Olhosdepoeta
Piracicaba - São Paulo - Brasil
72 textos (9627 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 02:25)
Olhosdepoeta