Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOITE NO PAGO...


Morre a tarde agonizante
na mortalha claridade
com o Sol que vai se pôr
nalgum lugar da saudade
um pouco além desta mata
numa visão que maltrata
o gaúcho da cidade.

É a noite que vai chegando
tingindo de breu o céu,
semeando as estrelas,
todas jogadas ao léu
em luzes, então formando,
que aos poucos vão criando,
o mais luminoso véu.

A Lua, então, se faz cheia
no cenário que espero.
Já sopra uma brisa fresca
que eu recebo e venero
e no pampa enluarado
se escuta pra todo lado
o cantar do quero-quero...

É noite, espalho o pelego
sem requinte nem luxo
e sorvendo meu chimarrão,
após um dia de repuxo,
neste quadro que me enaltece
faço a Deus uma prece
dando graças por ser gaúcho!

Rui E L Tavares
Rui E L Tavares
Enviado por Rui E L Tavares em 15/08/2019
Código do texto: T6721287
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rui E L Tavares
Viamão - Rio Grande do Sul - Brasil
269 textos (8231 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 07:19)
Rui E L Tavares