Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Depuração

dividi aflições com o vaqueiro
que se precipitava no meio da boiada
no momento do estouro


peguei pra mim um pouco
do sofrimento do peão
sobre o lombo do touro
contando os eternos segundos
da almejada consagração

assumi minha parcela de culpa
ao ver o couro em processo de secagem
e a poucos passos o gado de corte
caminhando sem norte
no escasso verde da pastagem

hoje sou água pura que lava poeira
rochedo que ao mar se acostuma
ignoro as pancadas das ondas
para me ocupar da leveza da espuma


Mariana Mendes
Enviado por Mariana Mendes em 06/08/2019
Reeditado em 07/08/2019
Código do texto: T6713960
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mariana Mendes
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
2396 textos (62574 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 04:08)
Mariana Mendes