Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deixe de ser preguiçoso e vá simbora trabalhar

"Cumpade" que tas fazendo
deitado ainda a essa hora?
ó meu "fi", venha simbora
que o bucho tá crescendo
fica roncando e comendo
não quer o mato limpar
não quer as galinhas tratar
deixando o pai desgostoso
Deixe de ser preguiçoso
e vá simbora trabalhar.

Mas que macho "véi" sem jeito
mais parece um aleijado
só fica mais escanchado
feito menino de peito
"ói", seja rapaz direito
e vá da sua vida cuidar.
Tenho fé que 'cê vai mudar
porque Deus é poderoso
Deixe de ser preguiçoso
e vá simbora trabalhar

Mas um dia desse lhe bato
com um galho de juazeiro
quebro você por inteiro
e lhe viro pelos fatos
só não digo que lhe mato
pois não vou me prejudicar
e nem carece de babá
um homão desse manhoso
Deixe de ser preguiçoso
e vá simbora trabalhar

Minha pressão tá que explode
a cabeça tá que gira
parece inté que é mentira
e você não se sacode
cada qual faz o que pode
mas não lhe vejo se esforçar
eu não sei como vai casar
desse jeito aí manhoso
Deixe de ser preguiçoso
e vá simbora trabalhar

Mas isso é tempo perdido
isso tudo é baboseira
não "qués" de jeito maneira
e juro que tas perdido
és desligado e esquecido
e não quer pra vida acordar,
mas deixa eu me mandar
que meu tempo é precioso
Deixe de ser preguiçoso
e vá simbora trabalhar.
Tiago da Silva
Enviado por Tiago da Silva em 15/07/2011
Código do texto: T3097047
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tiago da Silva
Afogados da Ingazeira - Pernambuco - Brasil, 29 anos
457 textos (11575 leituras)
3 áudios (299 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/19 01:07)
Tiago da Silva