Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Rio Cuiabá (canção)

Desce, rio Cuiabá,
Desce, rio Cuiabá...

É canoa descendo,
É canoa subindo,
Levando ou trazendo
O seu pescador...

É o anzol temperado,
A tarrafa, o arpão,
O jacá transbordado
E o dinheiro na mão,
É o homem feliz
Senhor de seu chão...

Desce, rio Cuiabá,
Desce, rio Cuiabá...

Mas um dia, afinal,
O progresso chegou
E, entre o bem e o mal,
Lindo rio matou...

Já não há pescador,
Pois que peixe não há!...
Há um rio a rolar,
Espumando de dor,
Saudade a levar
De seu ex-pescador

Desce, rio Cuiabá,
Desce, rio Cuiabá...


Setembro de 1984.
Antonio Lycério Pompeo de Barros
Enviado por Antonio Lycério Pompeo de Barros em 19/12/2008
Reeditado em 30/03/2009
Código do texto: T1343487
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Antonio Lycério Pompeo de Barros
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 98 anos
177 textos (6717 leituras)
22 áudios (289 audições)
32 e-livros (1568 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 21:20)
Antonio Lycério Pompeo de Barros