Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Menina Refugiada

Voa bela menina, na imaginação
Brilha as asas dessa menina de grande coração
Siga o anjo da sua nação
Mesmo que a guerra tenha transformado seu caminho em destruição.

Voa bela menina, para o além da imensidão
Para longe desse mundo do cão
Que seja confortável o abrigo que lhe darão
Quente e aconchegante do tamanho da sua compaixão.

Voa bela menina, fuja desse mar de perdição
Não podem destruir suas assas com o disparar de um canhão
Levas contigo a honra de um povo na sua salvação
Fostes abrigo de muitos nessa condição.

Voa bela menina, não chores não!
O que carregas no orgulho dessa canção?
O legado do teu povo, este será o teu brasão
Pensas em um dia voltar quando a paz reinar de novo então?

Não nos esqueça no papel de um sermão
Pois, não nos esqueceremos de ti, mesmo estando numa prisão
Nenhuma dor e sofrimento jamais te abalarão
Pois, sois a fé e a chama da vida de um valente coração.
Ângelo Luz
Enviado por Ângelo Luz em 17/11/2019
Reeditado em 20/11/2019
Código do texto: T6797336
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Ângelo Luz
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 20 anos
12 textos (283 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/08/20 07:15)