Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAPIROS VAGABUNDOS

Os expedicionários da FEB tombaram na Itália
Naqueles anos... aqueles, sim, de chumbo -
Mas taças de chumbo aprimoram o vinho,
Assim como , nos jardins, as florações de dálias.
Imaginem harpas, flautas,  cellos e um bumbo-
O sossego da tarde perturbado pelo vizinho.

A vida é um calhamaço de contrariedades,
Mas não fosse isso,como suportaríamos a rotina ?
Imaginem uma avenida longa que não faz esquina
Ou que fossem iguais todas nossas idades...

De que adiantou o trabalho e o tronco de negros,
Todas privações e maus tratos na senzala ?
Foram tão úteis quanto namoros e chamegos
ou voos internacionais com ou sem escalas.

Os expedicionários da FEB retornaram da Europa
Para ver aqui o Brasil perder uma copa.
Prosseguiram suas vidas como civis,
Esquecidos, largados de lado como estorvos -
Isso porque no comando sempre um corvo
Viu-se no direito de corte, apesar de criar covis.

Nossa História sempre escrita no mais vagabundo dos papiros
Não tem a consistência das que foram escritas em pergaminho:
Nossa História, nossa História é uma somatória de suspiros
Arrefecedores de desejos, como saudade do que se deixa no caminho.


Camilo Jose de Lima Cabral
Enviado por Camilo Jose de Lima Cabral em 22/05/2019
Código do texto: T6653300
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Camilo Jose de Lima Cabral
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 57 anos
647 textos (10943 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/09/19 04:30)
Camilo Jose de Lima Cabral