Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO ME CANSO DO EXÍLIO

Minha terra tem América,
Tem Mengão, Maracanã,
Só que um dia, eu acordei,
No colo   do Tio Sam.

No começo, fiquei pasmo,
Parado, chupando dedo,
Depois me achei um ridículo,
Que já era um homem feito.

Lavar pratos nos States,
É bem melhor do que lá,
Pois aqui eu ganho em Dólar,
Tenho  Status pra postar.

Eu lancho no fast food,
Gororoba é enlatada,
Às vezes tenho saudades
Do queijo com goibada,


Que é Romeu e Julieta,
Do arroz com feijão preto 
Ou melhor, da feijoada
com miudos e torresmos.

Pensando bem, sinto falta
Do tempero brasileiro,
É só saudade que bate,
Nos minutos de silêncio,
Pois sofrer em Nova York,
Não tem mesmo cabimento,
Com seus Arranha-céus,
Luzes à noite e letreiros.

Quando vem a nostalgia,
Penso Rio de Janeiro,
Dou um mergulho no mar,
E deixo tudo que é feio,
Aos cuidados de Yemanjá.


Minha terra tem América,
Tem Mengão, Maracanã,
Só que um dia, eu acordei,
No colo   do Tio Sam.


MUITO OBRIGADA PELA SUA LEITURA!
VICTORIAH
Enviado por VICTORIAH em 14/10/2018
Reeditado em 14/10/2018
Código do texto: T6475943
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
VICTORIAH
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
553 textos (62218 leituras)
203 áudios (13484 audições)
2 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 09:00)
VICTORIAH

Site do Escritor