Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAPITAL DA PARAÍBA

Esculpida num crivo de verdura
com um belo inigual remanescente
E um sol maior melódico cantador.
primeiro amanhecer de um mar cadente.

Parece germinar, brotar casebres
do seio da floresta verde nata.
Bocejam dos telhados enlodados,
acenam pelas frestas das calçadas,
os vegetais que voam e enfeitam
a flora destemida desta mata.

(Há rios, há currais, há plantações
pra poesia par do bucolismo,
também reina concreto e fumaça
pra quem se inspirar no modernismo.)

Exala verde cocá tabajara
de pontas, vivas praias, lagoas.
Filipéia, Mãe de Deus, Frederika,
e outros tantos nomes: João Pessoa.
Manoel Messias Belizario Neto
Enviado por Manoel Messias Belizario Neto em 20/09/2018
Código do texto: T6454359
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel Messias Belizario Neto
João Pessoa - Paraíba - Brasil
1 textos (9 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/19 02:21)