Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O livro e a América, de Castro Alves - promover a leitura é instrumento de libertação.

O livro e a América
Oh! Bendito o que semeia
Livros, livros à mão cheia...
E manda o povo pensar...
O livro caindo n’alma
É germe – que faz a palma,
É chuva – que faz o mar.
(Castro Alves)

O Romantismo foi um movimento marcado pelo individualismo e pelo egocentrismo. Com freqüência, o destino da grandeza individual dos escritores românticos era o distanciamento pessoal da vida em sociedade, através da solidão voluntária.

Contudo, Castro Alves supera o extremo individualismo dos poetas anteriores de sua geração, dando ao Romantismo um sentido social e revolucionário.

Castro Alves não apenas realizou uma poesia humanitária, participando de toda a propaganda abolicionista e republicana, como celebrou a instrução.

O poeta vê a leitura como um instrumento de libertação.
Postado por: José João Bosco Pereira às 01:36 Blog de josepereira_epdjdEditar postDeletar postComentar Categoria http://www.simplesmenteportugues.com.br/2009_04_01_archive.html Tags
Enviado por J B Pereira em 22/06/2013
Código do texto: T4353809
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2474 textos (1485321 leituras)
19 e-livros (206 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 15:31)
J B Pereira