Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Assim caminha a humanidade

Ás vezes é crime soltar sentimentos
Tão confusos e incontroláveis que,
Como pássaros em extinção, seriam presos
Em gaiolas pequenas, sujas e surreais.

Sim, porque essa humanidade que segue
Seus instintos, sem saber dominá-los,
Desaprendeu a sentir como quem desaprende
A andar de bicicleta sem ter pedalado nunca.

Hoje, meus caros, nem o céu é observado
Se olha tanto para o chão, como quem perde
Sua bússola e seguisse as migalhas
pelo caminho deixado.

Mas, cá entre nós, nunca houve direção certa e
Se houvesse estaríamos todos perdidos
Mas há aqueles que mesmo sem saberem
pra onde vão, encontram-se livres
de caminhos comedidos.
Leandro Pedrosa
Enviado por Leandro Pedrosa em 26/01/2020
Código do texto: T6850917
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Leandro Pedrosa
Fortaleza - Ceará - Brasil, 24 anos
64 textos (1855 leituras)
1 e-livros (18 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 04:51)
Leandro Pedrosa