Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM APELO A DEUS...DE VERDADE! Pelos humildes e desamparados...

"...Salve a Terra dos jagunços..."!
De jaqueta, arma e mosquetão
ainda cheira muitos ranços
E muitos vivem de mentira e ilusão....

Tem alguns que fazem até melodia
Dão risada das desgraças sociais
Somos obrigados a fazer versos de melancolia...
E ver medidas tão funestas quanto mortais...

Mentes doentias, masoquistas enrustidos
Escondem o pão no baú...terror  de sorriso largo
Doentias mentes, tem defensores empedernidos....
E vemos a tristeza e mortes em pantanais e até embargo...

A felicidade e realização de um povo...vai sendo adiada
Séculos passaram, mortes, roubos e quadrilhas armadas
Vemos venderem ilusões e mercenários falarem em pátria amada....
E vemos no olhar da bela e jovem poetisa...as tristezas estampadas....

Meu amigo Deus! Onde você esta com seus anjos....
Ouça a voz dos humildes, veja os animais teus calcinando
Convoque seu exército poderoso de Amor e Arcanjos....
Pois muitos...De seus pequenos filhos exaustos estão implorando....

Perdoe o abuso dos versos, sou apenas intermediário dos Pedidos
Afinal...muitos dos seus filhos estão em tristes desalentos
Caminham entre chamas, ataques e até doenças e perdidos....
E o que resta a muitas famílias é a Deus Orar..e ficarem atentos
Manoel Vitorio
Enviado por Manoel Vitorio em 22/08/2019
Reeditado em 23/08/2019
Código do texto: T6726345
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel Vitorio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 62 anos
6134 textos (212833 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/11/19 17:58)
Manoel Vitorio