Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A produção

O barulho não para
É grande a produção
Ela é bem clara
Não tem apego pela razão

E o povo aos montes
Vão indo trabalhar
Esperando um dia
O patrão trocar

Sua mão de obra
Quase escrava
Por um robô
Que não reclama de nada

Só pode fazer greve
Quando o sindicato fala
Grupo sujo e precário
Não representa nada

O trabalhador sofre sozinho
Perdendo seus direitos aos pouquinhos
Morrendo lentamente pelos caminhos
Que vão e voltam sorrindo.
Pequeno moço
Enviado por Pequeno moço em 12/12/2018
Código do texto: T6525106
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Pequeno moço
Sobral - Ceará - Brasil, 20 anos
389 textos (5704 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/01/21 16:05)