Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deflorada

Bem-me-quer-mal-me-quer
Cada pétala arrancada
Extrai-se um pedaço de inocência
Outra de ingenuidade
E num instante de carência
Aceita-se a promiscuidade
Brinca de verdade de papai e mamãe
A menina que já é uma mulher.
Bem-me-quer-mal-me-quer
Brinca de casinha com “seu zé”
Fazendo comidinha: cuscuz com queijo ralado
Café, beiju e Mané pelado
A mulher que ainda é uma menina.
Bem-me-quer-mal-me-quer
Não tem mais o que tirar
Cessou a corola, a melhor parte
Ainda no tempo da aurora
Antes de desabrochar
Murcha e estrangulada
Resta a calçada
Qual o preço?
Belle Atikum
Enviado por Belle Atikum em 07/12/2017
Código do texto: T6192574
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Belle Atikum
Palmas - Tocantins - Brasil
34 textos (4863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 06:18)
Belle Atikum