Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROTINA DE UM MENINO GRISALHO

Em tempos de quarentena,
de manhã cedo
acordo sem medo
nem perco minha fé,
depois do banheiro e do chuveiro,
é hora de tomar café.
Limpo a casa,
descanso um pouquinho,
leio umas páginas avulsas,
faço palavras cruzadas,
pra passar as horas, essa danada!
Então, vou pra cozinha
e entre panelas e temperos
vou sentindo o cheiro
do meu almoço!
"Que prendado este moço!!"
Nem bem limpo a mesa,
já belisco a sobremesa!
Assisto TV,
um pouco jornal,
outro tanto uma série policial.
Depois,
bem tranquilo,
tiro um cochilo,
tempos depois
acordo sereno, sem alardes,
lá vem o café da tarde,
outras séries,
mais palavras cruzadas,
"Quero sair! Quero dar uma pedalada!"
"Que sair que nada!" avisam a filharada.
E me detonam:
"Sossegue o facho!" - (que mal-criadas!)
A vizinha "mal-amada"
deixa o som em disparada,
é quando o chifre coça,
tenho até dó da coitada!
Já tá escurecendo,
fotografo o sol se pondo
e ponho no Facebook.
Mais TV,
mais YouTube,
e enquanto anoitece,
até o Chaves aparece.
Pra não perder o costume,
mais um lanche
pra manter a "barriguinha sexy"
Livro, leitura e palavras cruzadas,
Depois de um banho,
Me assanho a dormir.
Me viro pra cá,
Me viro prá lá,
até o sono chegar.
Sonho com escola,
sonho com o bônus,
sonho com ela, apenas sonho...
Então,
o galo canta,
a gente se levanta
sem medo,
porque o segredo
é não perder a fé...
e nem o café!
Jonas De Antino
Enviado por Jonas De Antino em 27/03/2020
Código do texto: T6899126
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Jonas De Antino
Cajati - São Paulo - Brasil, 55 anos
694 textos (10971 leituras)
5 e-livros (117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 04:49)
Jonas De Antino