Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia 978

Para que dormir
se o sono não vem
e a noite cala alto
oh meio dia!

Diz aos amantes
o silêncio das madrugadas:
acabou a escuridão
levanta  já é  meio-dia!!

É a noite o momento mais íntimo
das almas a vagar no silêncio
valsa de mortos-vivos
beijos cadavéricos

A repulsa de um
a delícia do outro
maldita noite de poeta
que nunca para de andar
Asmorreu já morreu
e nunca para de cantar...
Gustavo Miranda
Enviado por Gustavo Miranda em 18/09/2019
Reeditado em 25/09/2019
Código do texto: T6747984
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar autor e site.). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Miranda
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 50 anos
983 textos (18685 leituras)
8 áudios (319 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 20:17)
Gustavo Miranda