Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tardes douradas

O dourado do sol, pincelou os prédios
Se fundiram ao céu calmo, alaranjado
Na quietude quase perfeita, o remédio
Para os pensamentos  tão acelerados

Há vozes  de crianças, e infantis risos
Em brincadeiras  que o  tempo acolhe
Que essa página da vida não desfolhe
Mantenha instantes preciosos, avisos

Para quando mundo querer distanciar
As almas irmãs não sejam separadas
E ao aquarelarem as  tardes douradas
Imagens ternas voltem a se reconciliar.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 18/04/2019
Código do texto: T6626743
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1406 textos (43592 leituras)
2 áudios (125 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 05:22)
Meri Viero