Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARTE POETICA

ARTE POÉTICA

Ocorre assim:
pra fazer poesia,
escuto a fala
silenciosa da alma,
depois que acordo
do repouso, e ela,
bem paciente,
espera que eu
me assente na sala
diante do PC,
pra exercer o seu
influxo imaginoso.
Às vezes, antes
de lavar o rosto
ou tomar o café,
a alma já exala
o desejo agradável
de criar o texto
criterioso; juntando
os vocábulos,
adequando os versos,
expressando
a palavra, que não
se cala diante da arte
poética que emerge
do espírito operoso.
E a alma, que traz
de outras vidas,
a aptidão pra escrever,
fica alegre, sorri
contente, exercita
a imaginação
literária, saúda
em versos o novo
alvorecer; usa
o corpo físico pra
escrever versos
com tamanha emoção.
Ditosa é a alma
que faz com amor,
o seu labor diário;
que se edifica
com os benefícios
do bem moral;
operosa alma,
que revela do seu
distinto interior,
a arte de fazer
versos, que lhe é
bem habitual,
não só aqui,
mas também
no eterno Além.

Escritor Adilson Fontoura
Adilson Fontoura
Enviado por Adilson Fontoura em 11/01/2019
Reeditado em 11/01/2019
Código do texto: T6548367
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Adilson Fontoura
Itabuna - Bahia - Brasil
606 textos (8318 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/01/19 04:26)
Adilson Fontoura