Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Piada do Dia

Rio Pará, 28 de fevereiro de 2016.


Que ironia
Um mosquito te zicou

Que engraçado
O teu lixo abrigou

Que irônico
Tua ambulância enguiçou

Mas que coisa
Nenhum leito te sobrou

Piada do Dia
Piada do Dia

Que ironia
Um banqueiro enricou

Sacanagem
Um Brasil mais devedor

Que bonito
A campanha divulgou

Que Fantástico
Da origem ninguém falou

Piada do Dia
Piada do Dia

E só me resta matar mosquito!
Matar mosquito é tão bonito!
Não tenho esgoto mas me foi dito!
País tão rico e um mosquito!
Das sete pragas Aedes Egito!
Lixão aberto gerou conflito!
Cadê o dinheiro tão prometido?!
Cobrar do rico é sempre um mito?

Ouviu aquela?
A piadinha te cutucou

Essa é boa
Um mosquito te azucrinou

Que engraçado
A raquete ali queimou

Que ironia
A roubalheira não te chocou


Piada do Dia
Piada do Dia

E só me sobra dar raquetada!
Minha saúde tá tão lascada!
A minha vala tá tão largada!
Mosquito vem dar a picada!
Meu SUSto quando comparada!
Com o desvio da canalhada!
E joga lixo mal educada!
Dignidade eletrocutada!

Tão hilário
Banco tanto que lucrou

Bonitinho
Um país que se dengou

Que ironia
Quem será que lhe sangrou?
Pantoja Ramos
Enviado por Pantoja Ramos em 29/02/2016
Código do texto: T5559609
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Pantoja Ramos
Belém - Pará - Brasil, 44 anos
311 textos (11987 leituras)
97 áudios (3128 audições)
44 e-livros (2763 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/08/20 18:40)
Pantoja Ramos