Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

55% Cacau

A vida é uma "barra", às vezes, até amargo
É o chocolate, não adoça o  café, e engasgo
Mas, mesmo assim, dela não largo, trago...
No peito um corte  profundo, dolorido rasgo

Que  tempo tratou de conduzir, se era claro
Escuro hoje ficou; sempre permaneceu raro
O sentir que um dia modificou as atitudes...
Necessidades, vontades em frases não rudes

E a vida era revestida  de ternura, e doçura
Hoje trapos rotos, não a vestem tão bem...
Bom seria, se essa barra fosse sempre doce
E juro, ofertaria um pedaço grande pra você.



 Gostei e postei, Beto Bp, obrigada pela interação, abraços.

Eu agradeço, mas declino.
Se comer doces, aí que de vez, me empepino.
Já foi decretado, de jilós será seu destino, menino!
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 21/05/2020
Reeditado em 22/05/2020
Código do texto: T6954444
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil, 49 anos
1465 textos (46279 leituras)
4 áudios (238 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 05:01)
Meri Viero