Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alegria de Vidro.

O dia nasce,
Um sol belo lá fora.
Meu sorriso imita o dia,
Irradia.

Vou pela rua,
Vendo a felicidade dos outros.
Desejo-os bom dia.
Abraço meus amigos.

Tudo parece perfeito demais...demais,
O dia se vai, cai a noite.
Em casa desfaço o riso, nasce o pranto.
A felicidade se apaga,
Como a luz do quarto.

A fantasia e a alegria,
São consumidas pelo frio, o medo e a escuridão.
Não tenho uma vida perfeita,
Longe disso.

Meus fantasmas me assombram,
Quando estou sozinho.
E meu peito sangra,
Uma dor que não cessa.

Vivo de falsos risos,
De alegrias de vidro,
Que quando o sol se põe,
E a realidade me visita,
Se fragmentam em milhões de pedaços.
DjavamRTrindade
Enviado por DjavamRTrindade em 05/08/2019
Código do texto: T6713335
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DjavamRTrindade
São Paulo - São Paulo - Brasil, 34 anos
1762 textos (29112 leituras)
357 áudios (6936 audições)
1 e-livros (63 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/19 23:44)
DjavamRTrindade