Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERFIL

Para espiar e saber do meu perfil
repare no graveto na terra revolvida dos agrários,
na água doce que desce, mansa, do cantil,
na suja face dos membros da vida, os operários...

Colha um botão de rosa e o esfacele,
lá dentro haverá algo de mim que revele
muito mais do que sou agora neste não sendo
que sigo em oposição ao tradicional "vou vivendo..."

Cace a nauta ave que ziguezagueia no espaço,
prenda-a e a solte na beira do abismo da vasta alma,
saberás que sou feito de duas hastes que praticam o abraço,
o anjo guerreiro que vocifera poesias e soletra o amor com calma...

Se nada achar no fundo falso do baú mágico,
fale com o homem de pernas de pau ou o domador,
ele lhe lerá o poema que contém o perfil trágico
de quem descrê no que crê e se recria no poço do amor...

Ainda que nada saiba e nada mais queira saber de mim,
recuse rótulos e marcas das imperfeições diárias deste viver,
abra a caixa de poemas e lerá no rodapé do último a palavra fim,
então descansará os olhos e ficará feliz por de mim nada saber...

Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 13/06/2018
Código do texto: T6363292
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
7962 textos (112302 leituras)
24 áudios (305 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/18 16:46)