Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto da Saudade

É o fogo intenso que arde,
No poeta, sem arder
Dos longínquos  pensamentos
Desnorteados do querer.


É  a brisa dos rios de lágrimas
Que nos  pensamentos se vão.
São as mútuas frias larvas
Que exalam do vulcão.


São primaveras a florir,
Que choram, que riem, que se vão,
Que partem para outra estação.


E assim ficam as dores,inusitadas lágrimas
Não mais em rios, mas em almas
De um solitário poeta saudosista.

davi escritor
Enviado por davi escritor em 22/03/2021
Reeditado em 22/03/2021
Código do texto: T7213354
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
davi escritor
Itaberaba - Bahia - Brasil
105 textos (1779 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/05/21 20:52)
davi escritor