Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Borboletas

E as três borboletas continuam...
Paralisadas, atrofiadas, antenadas
Um presente de mãos abençoadas
Porém, não  voam, não  flutuam...

Não sussurram, não dizem um nada
Coladas, colocadas, calcificadas...
Inertes  e lindas não  batem asas...
Não vão pras flores, não vão pra casa

Fiéis cuidam, e através do espelho...
Mesmo caladas  dão bons conselhos
Bata suas asas, e não fique parada...
A tal solidão é só uma porta fechada.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 28/11/2019
Código do texto: T6806300
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil, 49 anos
1525 textos (48191 leituras)
5 áudios (313 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/21 20:46)
Meri Viero