Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

... Sem conexão

          Porto solidão numa amplitude
         Extensa, momento sem conexão
         Paira sobre mim sempre amiúde
        Olhar distante constante variação
     
         
         Nada penso, apenas escuto a voz
        No silêncio que cala dentro de mim
          Vagas lembranças vozes ferozes
      Que meu ouvido não quer ouvir enfim.


      Andorinhas voejam rumo ao seu ninho
     Quisera alçar voo e achar meu caminho
      O marulhar do mar é minha companhia
       Nessa languidez vázio, à monotonia!

                              Mary Jun
             
                   Se do mundo desconexo,
                       O cérebro dita regras,
                     A escuridão que medra,
                      Inda me deixa perplexo.
                               
                                 Jacó Filho
Obrigada, querido poeta, belíssima interação


 



Mary Jun
Enviado por Mary Jun em 13/11/2019
Reeditado em 15/11/2019
Código do texto: T6794270
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mary Jun
Recife - Pernambuco - Brasil, 55 anos
839 textos (40594 leituras)
1 e-livros (86 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 12:19)
Mary Jun