Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão dói

O tempo encurtando, palavra diminui
Saudade aumenta, enquanto vida flui
Assim é; horas  passam  tão devagar
Minutos  correm, parecem cavalgar...

Soltos, selvagens, como livres potros
Prontos para o horizonte alcançarem
Enquanto  sorriso é invisível no rosto
Fica tristeza até dias maus passarem

Seguem as horas arrastando chinelos
Quando não, bebem café bem quente
Como a fazerem  incansáveis  apelos
Pois, solidão dói, rói coração da gente.


Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 07/11/2019
Código do texto: T6789646
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil, 49 anos
1478 textos (46436 leituras)
4 áudios (219 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 18:48)
Meri Viero