Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Este era o lugar onde eu sorria

Este era o lugar onde eu sorria
O meu outro mundo
Com portas e janelas abertas
Se não posso sorrir mais não sei
O que saberei eu do caos
A verdade é bordada com fio de ouro
Tenho mil relógios parados na psique
A primavera passa e eu me questiono
Por que os pássaros cantam
Enquanto choro sozinha
Não há cabide para pendurar minha tristeza
E a vontade de morrer que é grande
Mora cá dentro feito buraco negro
Escuridão do meu desassossego
Conto as horas para chegar o amanhã
E quando chegar o amanhã
Quererei outro amanhã
Ou talvez mais nada para fora de mim
Eu não desisto de sonhar e de falar em flores

Rosângela Trajano
Rosângela Trajano
Enviado por Rosângela Trajano em 13/10/2019
Código do texto: T6768457
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Rosângela Trajano é poetisa, escritora e ilustradora). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Rosângela Trajano
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
328 textos (2300 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 14:26)
Rosângela Trajano