Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Garrafas vazias

São quase 6 da manhã
As garrafas estão sobre a mesa
Todas elas vazias
Bebi whisky, vodka, cerveja e saudade a noite inteira
Não sinto nada além de dor no peito
Não pelas bebidas tomadas, mas sim pelo seu adeus
Embriagado e sozinho, tento me recompor, tento ser forte e seguir em frente
Depois de um banho frio, deito na minha cama, tento tirar você do meu pensamento por um momento
Eu preciso dormir, e preciso de você aqui
Será que você vem visitar os meus sonhos? Será que terei você outra vez?
Tudo é tão vago, tão confuso
As vezes penso estar te vendo
As vezes penso estar te ouvindo
Mas acho que é a voz da saudade ecoando no meu vazio e me fazendo acreditar que você está mesmo aqui comigo
As lágrimas estão começando a cair, tua ausência já está fazendo efeito
É complicado pegar no sono com tudo isso, com você na minha mente
Essa dor me faz lembrar a todo instante que eu não a tenho mais, trazendo à tona todos os meus medos, meus pesadelos
Coloquei seu número pra chamar, quero ouvir tua voz mais uma vez
Por favor, não desligue, não vou tomar muito do seu tempo, só liguei pra me despedir
Não ligue se eu disser alguma bobagem, estou um pouco confuso
Quero que saiba que eu a amo, que sinto a sua falta, e que a saudade está aqui comigo, ocupando o lugar que é seu
Eu quero que você se cuide, tá bom?
Você pode até não me ver, mas jamais se esqueça de que eu sempre estarei ao teu lado
Bom, eu já acabei, adeus!
...
Talvez o meu lugar não seja mais aqui ao lado dos outros
Meu tempo está terminando, em breve serei só mais um, me tornarei apenas uma memória
Ainda restou uma garrafa na geladeira, e tem uns comprimidos no armário
Não sei o tempo que vai levar, talvez eu me arrependa, mas será uma viagem sem volta
Já escrevi o bastante, o necessário, não me culpem, não me julguem
Só estou cansado, preciso aliviar a minha alma
Não sinto mais dor, não sinto mais nada
Estou tão vazio quanto a última garrafa
Não me sinto mais...
Akarth
Enviado por Akarth em 17/04/2017
Código do texto: T5972944
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Akarth
Santa Maria - Distrito Federal - Brasil, 24 anos
47 textos (1552 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 15:25)
Akarth