Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estrelas

Estrelas que cintilam
Na noite vazia da cidade
No  olhos de alguém que é alheio, ausente...

Estrelas que reluzem
A luz dos olhos meus
No espelho das águas do mar
Que pra longe levou  as lembranças do meu bem.

Estrelas refletem,
Espalham pelo firmamento
Pensamentos longínquos
Que exalam de um coração tristonho
Que compõe canções inéditas
Que são como fumaça na noite vazia
E que dispersam no espaço tranquilo.

15/05/1985
Claudia Machado

Nota1: Poema escrito aos 16 anos. A solidão sempre foi um tema presente nas minhas poesias. As estrelas sempre foram fonte de inspiração pois estão a brilhar sozinhas no firmamento silencioso.
Nota2: Interessante observar que após 31 anos da composição desse poema fui aprender que esse espaço tranquilo da última estrofe trata-se da Consciência -substrato que é ensinada pelo budismo. Ontem li sobre isso no livro Despertar no Sonho, B. Alan Wallace, pg 108.
Cláudia Machado
Enviado por Cláudia Machado em 30/05/2016
Reeditado em 01/09/2016
Código do texto: T5651439
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Machado
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
727 textos (20914 leituras)
59 áudios (2781 audições)
1 e-livros (22 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/11/19 00:04)
Cláudia Machado