Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A COLMEIA CALCINHADA

A COLMEIA CALCINHADA
Chega um momento, você sabe, você sente
O tempo indo embora porque chegou a hora
Da onça beber água. As pastorais em volta
Se afastaram sem deixar nenhum vestígio
Sumiram na floresta sem exame médico
A caminho talvez da festa ou do precipício
Quem poderia dar a mão, os vestígios sumiram
Desapareceram no buraco negro do terreiro
Quem saberá da garota e de sua nua ternura
Ela, tão insuficiente em meio a tropa crente
Salve-se girl, eles vão congelar seus membros
Seu sonhar a deslizar pelo ralo, vc sem saber
Quem é quem, quem faz parte dessa cadeia
De ensinamentos inúteis. Você tem em mãos
O BBB e o Buldogão. Alguém te fez ficar
Seus pedaços vagam pelas ruas da cidade
Talvez tenhas te tornado anciã carpideira
Sem saber onde buscar outra feliz idade!!!

(P.S: "CALCINHADA" NEOLOGISMO MIX DE "CALCINHA" E "CALCINAR" OU EXCITAR, AQUECER, ESTIMULAR, ABRASAR, QUEIMAR).

Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 12/04/2021
Reeditado em 13/04/2021
Código do texto: T7230282
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Decio Goodnews
São Paulo - São Paulo - Brasil
2341 textos (517747 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/05/21 19:24)

Site do Escritor