Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Silêncio

Silêncio

Estranha esta quietude, este silêncio
Ausente de vida, do sopro do mundo

Bobagem, é não participar do que existe
Desta dinâmica, disto, que se diz vivente
E ouvir nas esferas, os acordes espaciais
Ou viver no ranço, meloso e nada mais
Inquietude, o eterno descontentamento
No Mundo la fora, no falso alheamento
Que julgamos ser, e nele inda se cresse
Como um ser feito vidro, e não se visse

Antonio Noronha -17
antonio noronha
Enviado por antonio noronha em 31/05/2020
Código do texto: T6963152
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
antonio noronha
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
86 textos (628 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 02:35)
antonio noronha