Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quarentena

Ao meio-dia nesta ilha tento exteriorizar
Pensamentos de forma coesa e satisfatória,
Mas de fato é frustrante alcançar esta vitória
Já que numa grande redoma eu pareço estar.

Sei que fechado sempre estive, tendo as chaves
Do auto cárcere sempre ao alcance das mãos,
Só que este isolamento opressivo entre irmãos
Me faz querer abusar da liberdade, como as aves.

Mas há muitos que não conseguem se libertar
Tem seus voos interrompidos, asas cortadas
Por algo que nem conseguimos ver ou tocar

E é por estes que retenho meus passos agora
Andando apenas por estas palavras veladas
Inseguras, enquanto minha respiração se limitar.
Leandro Pedrosa
Enviado por Leandro Pedrosa em 24/05/2020
Código do texto: T6956813
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Leandro Pedrosa
Fortaleza - Ceará - Brasil, 24 anos
64 textos (1859 leituras)
1 e-livros (18 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 09:24)
Leandro Pedrosa