Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que?!


Não julgue sem procedência!
Às vezes não é o que você está pensando.
Os olhos veem, a mente capita e o coração confirma e passamos a viver momentos de angústias, só porque achou...
Que?! Julgou pela aparência!
Quando percebemos já fizemos.
Ai vem o desconforto
consigo mesmo.
Não devemos se precipitar, é preferível acalmar, avaliar e tomar uma atitude. Todavia, se for necessário, nem sempre é, o melhor é ver e deixar para lá. Diante de fatos que não nos acrescenta nada.

Mary Jun

Obrigada, querido poeta. Pela belíssima interação!

Quando alguém como eu,
Apressado e ansioso,
Julga mas não entendeu,
O céu fica desgostoso...

Jacó Filho
Mary Jun
Enviado por Mary Jun em 03/03/2018
Reeditado em 19/03/2018
Código do texto: T6269817
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Mary Jun
Recife - Pernambuco - Brasil, 55 anos
857 textos (41789 leituras)
1 e-livros (87 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 08:33)
Mary Jun