Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paz

Paz
maria da graça almeida

Que insurja brado mais amplo do que o
da impotência que se espalha aos quatro cantos.
Que a paz não mais reine sob a simbologia
de uma pomba, cujo compromisso único
seja o plácido voo, num céu de tênue dossel.

Que, da mistura do azul com o amarelo,
sem manchas, borrões, respingos, espanto,
obtenha-se a cor de um sentimento concreto,
não o verde da esperança, pois que esta,
pela vida, apenas passa...esperando.

Que a paz não mais exemplifique um mito,
nem exiba o desalento de um sonho irrealizado.
Quem por ela ansiar que a construa sem medo;
que toque as chagas do mundo com a palma da mão
e não apenas com as extremidades dos dedos.
maria da graça almeida
Enviado por maria da graça almeida em 12/02/2018
Código do texto: T6251525
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
maria da graça almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil
249 textos (18503 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/07/20 03:02)
maria da graça almeida