Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOBRE POLÍTICA & PUTAS

O que me dizem de ti, Aurora,
até o diabo, ao ouvir, se apavora,
veste a capa e vai embora!
Nas noites sombrias,
vagas nuas pelas veredas sinuosas,
se vendendo de alma,
porque do corpo não mais és dona,
e nas bocas dos cães,
seu nome virou música conhecida,
daquelas que só se canta o refrão.
Entre os homens perdidos,
mais perdida está a sua memória
e nos livros de história
a sua glória
será sempre coisa do passado!
Quando passas,
os meninos imberbes soletram seu nome
e na fome da juventude hormonal
contigo sonham em altas horas
matando futuras gerações em dedos macios.
O que me dizem de ti, Aurora,
antes puta fostes,
assim perdoaria a carne em chama,
mas
te assentas em palácios de justiça
e em congresso, julgas ao lado dos homens maus
prendendo o justo e libertando o corrupto!
Ah, Aurora!
minha velha senhora,
te vendes como prostituta velha, à beira da estrada,
mas como toda consciência política,
nunca te sentirás culpada!
Jonas De Antino
Enviado por Jonas De Antino em 04/08/2017
Código do texto: T6074580
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jonas De Antino
Cajati - São Paulo - Brasil, 53 anos
667 textos (10014 leituras)
5 e-livros (99 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/09/19 09:02)
Jonas De Antino