Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PIB Curralinho

Curralinho, 06 de março de 2015.

Eis que caminho para o porto de Curralinho.

Duas da manhã.

Duas vezes eleita a menor economia do país.

Chuva fina, lama grossa

Pula-se aqui e acolá.

Um título de pobre dado pelos globalizados

De um país de muitos corruptos.

No frio da pouca camisa que me protege

Quatro homens naquele canto escuro comentam

Não sei se é escárnio

Sei lá se é assalto

Ainda bem que chuvisco os mantém quietos.

Nem a cachorrada sai pro cio.

Nem o café queima tanto.

Moto-taxistas se acotovelam em busca de uma corrida

O carreteiro à espera da carga

Que seja pesada.

Pessoas que vêm e vão com suas cargas

Que não sejam tão assim pesadas.

Em cima das cabeças como a juntá-los o chuvisco

Intensa madrugada.

O frio vento.

Mas quem conhece

Só quem amanhece

Descobre os curralienses.

Alegres

Cordiais

Ricos

Não de um Produto Interno Bruto

PIB

Mas de uma Pulsante Inquietação Brasileira

PIB.


(Foto: Monte Dawn)
Pantoja Ramos
Enviado por Pantoja Ramos em 26/03/2015
Reeditado em 04/07/2015
Código do texto: T5184041
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Pantoja Ramos
Belém - Pará - Brasil, 44 anos
294 textos (10808 leituras)
75 áudios (2415 audições)
38 e-livros (2448 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 06:14)
Pantoja Ramos