Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


QUIMERA

Fui desde sempre a primavera.
Trepadeiras coloridas subindo
por altos muros.
 
Agora me recordo que floriam;
que sonhavam o céu;
as nuvens, o sol;
o vento que vinha do sul...
 
E carregadas de imaginação
caiam pelo espaço do universo
com suas folhas e flores...
 
Mas era só uma quimera
no auge da primavera.
Tão inteiriça! E tão livre!
 
E não precisava de destino fixo;
que tão perene era
no “seu reino de metamorfose”;
na “sua eternidade lúdica”.
 
Mas era só uma quimera;
uma primavera desprovida de tempo...
Que o tempo é só das flores
“convertidas em sua natureza”...
 






( Imagem: facebook)
Sonia de Fátima Machado Silva
Enviado por Sonia de Fátima Machado Silva em 01/10/2014
Código do texto: T4983171
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Sonia de Fátima Machado Silva
Coromandel - Minas Gerais - Brasil, 57 anos
1341 textos (58459 leituras)
13 áudios (692 audições)
2 e-livros (150 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/05/21 08:22)
Sonia de Fátima Machado Silva