Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUEM É ELA??? (ESTEREÓTIPOS)

QUEM É ELA??? (ESTEREÓTIPOS)

Eu a beijei um dia sabendo seria sem recepção
Desejava mostrar-lhe solidariedade e compaixão
Talvez nunca mais a visse outra vez. Comunicava
No beijo mil interrogações. Ela rija igual rocha fria
Mil defesas em sua postura de mármore. Súcubos
Congelaram seu coração. Ninguém que pudesse
Identificar. Talvez a aparição pétrea quisesse algo
Que eu me prostrasse talvez a seus pés de pedra
Firmes a sustentar o corpanzil, os pés a balançar
De um a outro lado o todo do corpo a me acuar
Ela gostaria não de um filho reconhecido. Desejo
Eu mostrar meu grande afeto. Mas ela queria só
Que me prostasse diante dela em devoção. Como
Se ela fosse uma deusa a me exigir sim, intensa
Devoção. Depois de sair da proximidade dela
Descobri que ela me concebera não para ser um
Ser, um filho, mas para exercitar sobre mim o
Inominável domínio. Julgava-se uma deusa, uma
Descendente dos domínios de ídolos nórdicos com
Poderes que a faziam senhora de toda as emoções
Mas havia carne em seu corpanzil, órgãos internos
Vísceras imensas (como diria Drummond)
Quem sabe até um suposto coração. Por que sim
Em mim essa nítida sensação de que ela era pedra
Não mais que uma rocha saída de um megalito, um
Dólmen, um menir neolítico??? Seria ela escultura
Escrava de uma parva crença em ser superior
Supremacista branca de olho azul filha ou neta
De alemão??? Acreditava ela ser descendência
Dos mitos nórdicos e de suas conjurações. Aquela
Coisa que eu beijei nunca desejara ser mãe, ela
Era um portal por onde crenças de incivilização
Passavam e se cristalizavam em franca prerrogativa
De dominação. A prole servira apenas para exercitar
Sua ardilosa afirmação de uma superioridade apenas
Existente em sua mente ludibriada por essas vãs
Concepções de uma genealogia supra labirintoforme
Não havia nela nem sinais superficiais de amor ou
Dedicação realmente maternais. Pergunto absorto
E, por que não dizer, parvo??? Como ela conseguiu
Por todo esse tempo que pariu e criou bigorrilhos
Como se fossem fósseis de sua seleção In natural???
 
   
Decio Goodnews
Enviado por Decio Goodnews em 01/03/2021
Reeditado em 15/03/2021
Código do texto: T7196293
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Decio Goodnews
São Paulo - São Paulo - Brasil
2341 textos (517747 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/05/21 17:29)

Site do Escritor