Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cartas do Baralho

Quebrada promessa não resta mais nada
Sem mistérios do  lado  desse hemisfério
Porta fechada, torta  queimada, importa?
E só baralho esparramado sobre a mesa...

"Ás" aves estão migrando, fogem  do frio...
Belas colorem o céu em visíveis aquarelas
Perfeitas distraem os olhares pelas frestas
Penas se soltam, caem  leves  e pequenas

Se juntam ao chão de folhas desse outono
Proponho uma trégua aos inúmeros sonhos
Apenas sono, deixe os pássaros nas antenas
Pousados observam os poemas destroçados.

Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 03/05/2020
Código do texto: T6936610
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil, 49 anos
1465 textos (46279 leituras)
4 áudios (238 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 04:39)
Meri Viero