Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fala sério!

Minh'alma não canta
Grita em silêncio tudo
Me é, visceral, a garganta
Reprimida  sobretudo
Eu penso: Ponderando,
não falo se falar vômito
uma bile alimentando
o amargor do fel do rito
Ora exposto pelo tribunal
de Satanás matando delito
desvanecendo o verde mundial
conhecido por sua beleza.
[Gigante pela própria natureza]
Servindo de escárnio vitupério
Quedada permaneço. Fala sério!

Mary Jun
9/11/19

Obrigada, querido poeta. Belíssima!

Peço ao poder correto,
Que refaça essa lei...
Ou o crime será rei,
E o Brasil um deserto...

Jacó Filho
Mary Jun
Enviado por Mary Jun em 09/11/2019
Reeditado em 10/11/2019
Código do texto: T6791214
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Mary Jun
Recife - Pernambuco - Brasil, 55 anos
841 textos (40771 leituras)
1 e-livros (86 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/19 06:55)
Mary Jun