Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Primeiro dia

O primeiro dia é sempre assim
Coração aos pulos, e acelerado
Bate como  se tudo fosse o fim
E fica  olhando para todo o lado

A cara de assustada, ai de mim
Depois passam as horas, e dias
E a realidade sem Pirlimpimpim
Poeira se reveste de pura poesia

Cria coragem, ri de todo barulho
Aquele velho medo das sombras
Se perde entre folhas, embrulhos
Não assusta a solidão que sobra.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 20/09/2019
Reeditado em 21/09/2019
Código do texto: T6749864
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil, 49 anos
1478 textos (46406 leituras)
4 áudios (217 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 22:59)
Meri Viero