Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sal

Fica sob o céu de fita, cassete gravado,
No antigo palacete todo manufaturado;
Finca as mãos na tinta e deixa borrado,
O papel com o sal da lágrima e do suor.

Trinca os dentes com raiva e o despudor,
É a criatura sem  valor e o rir dela e para;
E o virar o rosto, virar  a face, virar a cara,
Ter sede, beber mesmo uma água amara.

Comer fruta podre, do pé caída, passada,
No pão, em manhãs cinzas e de céu azul;
Estrelas em noite cheia, clara e enluarada,
Saber-se vestido, ainda que o coração, nu.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 30/08/2019
Código do texto: T6733405
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1354 textos (42139 leituras)
2 áudios (101 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/19 23:01)
Meri Viero