Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Melodias

O dia vai se mostrando, canta suas canções
Na  voz  do  vento, da  chuva, e  dos  trovões
Na cantiga de um pássaro e do cão que late
No roncar  da  bomba  no fim  de cada  mate

E nos risos que ecoam na roda de chimarrão
Algazarra de crianças  no intervalo da escola
E o barulho das águas do despoluído ribeirão
No ranger de uma cama antiga feita de mola

Nos carros varrendo asfalto com seus pneus
Até no tamborilar impaciente dos dedos teus
Vai trazendo em horas apressadas, melodias
E se transformam em versos, e nessa poesia.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 07/11/2018
Código do texto: T6496811
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1406 textos (43634 leituras)
2 áudios (129 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/01/20 08:44)
Meri Viero