Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APÓS O CAFÉ

Existencial

Dói meu peito...
ah, esse dói pra caramba!
Parece que doer é viver...
e viver é estar andando.

Não, não acho que viver é dor...
mas acho que viver, dói!
E dói porque os percalços da vida
insistem em nos seguir
e a cada passo que a gente dá
tem sempre uma pedra, um espinho...
tem sempre algo pra nos machucar.

Mas viver é seguir em frente...
é levantar-se das quedas
é tentar dar a volta por cima
é lembrar, às vezes tentar esquecer.
É desenterrar alguns mortos...
é insistir em doer pelo pouco tempo
que ainda tempo que teremos paz.

Não, a vida não só dor...

mas viver, ainda assim é doer
porque o choro faz parte
e a gente lembra mais da mágoa
do que da própria saudade.
E é isso que nos humaniza, eu acho...
essa busca pelo perdido...
esse olhar pra trás, sei lá...
como se tivéssemos medo
do que vem daqui pra frente.

A vida é cheia de incertezas,
mas é cheia de sorrisos...
algodões doces
gatos miando
cachorros latindo
e o lixeiro que recolhe o lixo pela manhã.

mas tudo isso passa...
talvez seja belo porque passa...
talvez porque no belo
esteja contida a sua finitude...
e o vazio que fica...

a vida é bela...
mas viver, ah, esse é complicado...
tão complicado
que é impossível não doer
Tiago da Silva
Enviado por Tiago da Silva em 24/08/2018
Código do texto: T6428957
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Tiago da Silva
Suzano - São Paulo - Brasil, 30 anos
481 textos (13764 leituras)
3 áudios (305 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 14:35)
Tiago da Silva