Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os pobres poetas

Os pobres poetas

O meu gosto pela poesia,
É desde sempre coisa antiga.
Esperando que Deus me bendiga,
 Ando sempre nessa teimosia!

Mas a minha poesia é popular,
Exprimindo o sentir do povo.
Tenho esse desejo desde novo,
Para coisas que poso notar!

Não penso assim a vida ganhar,
Outros maiores não alcançaram.
Muitos até fome passaram,
 Para após morrerem os recordar!

Sou apenas um poeta amador,
Considero-me aprendiz de poeta.
Ainda que alcance a meta,
 A poesia que escrevo é por amor!

Hoje só alcança riqueza e fama,
Se for bem apadrinhado.
Por isso pobre de mim coitado,
Pois a sorte sempre me trama!

Mas vou vivendo diariamente,
Sem guerras nem ambições
Fora dos banhos das multidões
Caminho na vida confiadamente!

J. Rodrigues (Galeano) 16/06/2013
 

Galeano
Enviado por Galeano em 16/06/2013
Código do texto: T4344531
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 83 anos
659 textos (111604 leituras)
14 áudios (2011 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 05:23)
Galeano