Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O mercado de Água fria

Neste prédio cá erguido,
a pedra granítica-Recife,
podeis sentir sob o tecto
um pouco do que é e existe.

Cá, onde se é casa a habitar-se,
em suas paredes comidas de tempo
e em seus corredores feitos de gente,
podeis ver que ainda existe momentos

e que ao sê-lo, as pessoas mudam.
Mas também podeis notar
nas vozes altas a ouvir-se
que não haverá de mudar

esse aconchego dito de casa,
onde se é filho a negociar com irmãos.
Podeis ver também que o destino
une todos. Atores, comissários e patrões.

E que a fundirem-se parades e gente
há de ser casa humana construta
casa-viva sobre o asfalto-avenida
A pedra humana absoluta...

E que a irmanarem-se em feira
há de ouvir-se todos os nomes
e que a entrarem todos a se venderem
podem unir-se todos os homens
Tiago da Silva
Enviado por Tiago da Silva em 08/09/2010
Código do texto: T2485826
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Tiago da Silva
Afogados da Ingazeira - Pernambuco - Brasil, 29 anos
470 textos (13473 leituras)
3 áudios (305 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/08/20 17:29)
Tiago da Silva