Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MAGIA DA MONTANHA

“O secreto talismã”

Entrava-se para lá com medo,
Por aquela montanha agreste,
Só eu conhecia o segredo
De cada banalíssimo teste.

Era quase sempre ao domingo
Muito cedo, pela manhã:
Entrava-se anjo, saía-se bingo
Daquele secreto talismã.

O Monsanto, qual monte santo
De inesperadas sensações,
Era um exercício de espanto
Pra matar as limitações.

Na forma de corrida ou salto
Descendo ou subindo as ladeiras
Chegava-se cada vez mais alto
Pelo trilho das brincadeiras.

Nenhum chão fazia problema
Nem estorvava a vegetação,
Evoluir era o estratagema
Enriquecendo a condição.

Estivesse bom ou mau tempo
Havia Monsanto na mesma:
- Para atleta não há contratempo
Só vira a cara quem é lesma!

Já lá dizia o mestre Moniz,
Com uma calma muito sadia
E em metodologia feliz,
A quem sondava se treino havia:

- Há treino s´ houver terramoto?
- Aqui em terra, ninguém deixo,
Quem não correr bem, corre torto
Ora pra a frente ora pra baixo!

Era Monsanto um mistério?
Era exercício ou filosofia?
Com muito suor, tino e critério,
Ganhava o corpo em harmonia…

O que acontecia, de verdade
Em cada alvor de primavera,
Era ganhar-se à saciedade
Muito melhor atmosfera.

Eram visíveis os resultados
Co´ estas tiradas constantes:
Os atletas mais motivados
Melhoravam as performances.

Pra jovens de todas as idades
Era magia correr cada canto,
Revelando-se as qualidades
Naquela Montanha d´encanto!


Frassino Machado
In A MUSA DOS ESTÁDIOS
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 22/08/2019
Código do texto: T6726508
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FRASSINO MACHADO
Odivelas - Lisboa - Portugal
2217 textos (53667 leituras)
20 áudios (1044 audições)
2 e-livros (27 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/19 02:11)
FRASSINO MACHADO

Site do Escritor