Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coral

Aparento não ter vida
Mas minha casa abriga
seres do ar, da terra e do mar

Fincado na areia ou na pedra
observo a onda que quebra
Sou filho das águas
e só o brilho das algas
me faz invejar
tanta beleza

Da natureza
sou alimento
e sustento
de seres quase invisíveis

Sou morada
daqueles que passam
e daqueles que ficam

Sou berçário
daqueles que nascem

Formamos uma grande família
Multicolorida
Multiforme
e multi ameaçada
E não pedimos nada
além do respeito
à tudo que vive

E se nada for feito
que importe esta premissa
os oceanos serão transformados
num leito de morte
ausentes de vida!
 
Claudio Lima
Enviado por Claudio Lima em 21/08/2019
Reeditado em 15/09/2019
Código do texto: T6725936
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Claudio Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 65 anos
202 textos (20202 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 20:00)

Site do Escritor