Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ventania

Vem empurrando nuvens de tempestade
Levantando  a poeira, plásticos, e pétalas
Atrás, vem outra onda de frio barbaridade
Geada  branqueando  pastos; grossa, rala

Vai fazendo estragos, quase tudo congela
A aveia no campo, a flor no vaso, no balde
A água, no  tanque os  peixes, não é balela
E aproveito esse calor, até que o frio salde

Sua conta; e a mão  do frio segure a minha
E queira congelar os pés, não meu coração
Ventania passará rápido, logo nova estação
Trará os rebentos ao pássaro que se aninha.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 01/08/2019
Código do texto: T6709942
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1389 textos (42962 leituras)
2 áudios (115 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/19 19:56)
Meri Viero